terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Uma vida mais taoísta


Pois é, pessoal, saiu a minha nomeação para o cargo de Psicólogo do Tribunal de Justiça. Comecei ontem minha maratona de filas e espera para pegar a documentação necessária. O tempo para desenvolver as postagens ficou mais curtinho, principalmente porque meu carro foi pra revisão e ficará pronto daqui a pouco. Idéias não faltaram, pois andar de ônibus e ficar em filas sempre me traz matéria-prima para escrever. O que faltou foi fôlego pra desenvolvê-las de um jeito interessante, mas já estão anotadas para postagens futuras. Vou fazer então uma postagem "umbiguista" e curtinha.

Hoje um rapaz se levantou para me oferecer lugar no ônibus. Foi a primeira vez que isso me aconteceu na vida, então é um marco cronológico, como a primeira vez que me chamaram de senhor. Sabem o que eu fiz? Aceitei. Retribuí na volta do Centro carregando no colo a mochila de uma jovem. Decididamente uma nova fase está começando. Não sei se a vida começa aos quarenta, como afirma o ditado, mas a minha promete melhorar um bocado. Agora vocês me dêem licença, que vou buscar o meu carro. Florianópolis é inviável para pedestres.

13 comentários:

Cécil disse...

Paulinho, parte de mim te dá os parabéns pela conquista, mas outra parte fica chorosa pois "se perde" mais um excelente professor (coisa que o nosso curso já está defasado faz tempo...)Bem...

Sucesso nessa nova fase!!!

Ah, agora fala o meu lado "medo de dirigir"...discordo de ti, no meu caso a nossa humilde cidade é inviável para carro, como boa pedestre que sou, não tenho muito do que reclamar...além do que a viagem de ônibus é um bom momento para deixar os pensamentos soltos, já que não preciso pretar atenção no transito. Coisas que só quem tem "motorista particular" sabe...hehehe

Vamos ver se na hora que eu perder o meu medinho, e passar a fazer parte da relação quase simbiótica SH x máquina eu não mudo de idéia...

bjokas

Pepper Popps disse...

Hum, me lembro da primeira vez que me chamaram de "tia"... quase mandei o moleque pro meio do inferno rs.
Lembro-me tb do primeiro cabelo branco... liguei chorando para minha mãe, eu não podia aceitar um cabelo branco aos 25 anos. Nem sei se surgiram outros, pinto o cabelo todo mês para não dar chance de outros aparecerem hahaha!
Mas pela foto acho vc jovem demais para merecer um lugar no ônibus, mas se a gentileza foi feita... enjoy!!!!
Beijos querido!

Paulo César Nascimento disse...

Cecília: Muito obrigado! Farei uma experriência para ver se compensa tentar conciliar os dois trabalhos. Até julho eu saberei. Bjs

Pepper: na verdade, se eu fosse mais velho um dos lugares da frente seria meu. Tenho idade pra ser pai do garoto, embora acredite não conhecer a mãe dele. :P
Vai ver, foi isso. Sou de 1968, ano do macaco (pra combinar com a aquarela chinesa da ilustração).
Bjs

Sally disse...

Parabéns, Paulo.

Mas cá entre nós, você não tem idade para que alguém ceda o lugar para você. Eu não cederia...

Paulo César Nascimento disse...

Sally: Obrigado. Você tem cedido sua atenção e a generosidade dos seus comentários, que valem bem mais que um lugar no ônibus. Bjs

Didi Iashin disse...

Você, aos quarenta, já recebe o mimo de ter um lugar oferecido??
Tem vezes que isso é uma mão na roda, hehehehe ...
Eu, que estou grisalhinha aos 5.1, já recebo esses mimos, de quando em quando. Quanto a ser chamada de senhora, FAZ TEMPO!
Só não gosto de ser chamada de senhorita. Nem nos tempos que eu tinha idade para ser chamada de senhorita. Hoje, soa como desaforo!
Eu gosto do "Ms.", dos americanos.
Eu sou Ms. Didi Iashin.
Parabéns pela sua nomeação!

Kaique L. Andrade disse...

Lembro quando uma senhora entrou no ónibus e já foi logo me expulsando do meu acento... =\
Abraços

Paulo César Nascimento disse...

Didi: muito prazer e muito obrigado! Este mimo foi uma exceção, por isso achei curioso. Ms. Didi Iashin, seja bem vinda ao meu blog! Bjs

Kaique: não se fazem mais senhoras como antigamente... Abraços

Adriano De Bortoli disse...

Paulo,
receba meu abraço pela nova fase que começa com a tua nomeação.
Felicidades sempre!

Lou disse...

Em primeiro lugar, parabéns pelo emprego...
sabe, eu tenho vinte anos e outro dia no metrô lotado em são paulo me ofereceram lugar... hm... pensei: "devo estar com uma barriga tão grande que acham que estou grávida!"... mas como você, eu aceitei... metrô em são paulo, horário de pico (aliás isso nem existe mais)... depois que cheguei ao meu destino vi que entre as revustas que carregava na mão, uma era algo do tipo: "mamãe & bebê" - ia levar para doação numa escolinha! pensei com meus botões: "até que não é má idéia a estratégia da revista!"
abraço!
Nathália Kloos

milu leite disse...

querido! eu não acho que vc tá em idade de aceitar essas ofertas, não.
fica em pé! e de preferência na ponta dos pés, pra fortalecer a batata da perna. e pode ir fazendo uns exercícios com os glúteos também enquanto fica sorrindo pra moça jovem que tá sentada desencanada de tudo na sua frente. acredite, a vida começa aos quarenta, mas ficar em pé é fundamental!
PARABÉNS!!! vamos comemorar isso na segunda.
beijo

Zíngara disse...

Há, já me chamam de senhora e eu nem completei 30!, embora esteja bem perto. ;P

E não acho que eu tenha DEDO PODRE para homem, pelo contrário, enquanto estão COMIGO são gente boa... Depois é que se REBELAM.

AH, parabéns pela futura nomeação! Quero muito que isso se realize na minha vida!

Beijos,
Zin

Paulo César Nascimento disse...

Adriano: muito obrigado! Abraços

Nathália: obrigado! Esse truque da revista é bom, até porque você não disse estar grávida, apenas aceitou a oferta. Bjs, volte sempre!

Milu: eu não estou em idade de exigir, aceitar não tem idade. Bjs!

Obrigado, Zin! Torço por você!
Então a conclusão que chego é que você causa síndrome de abstinência. Conclusão: a Zin vicia!Bjs
p.s.: quem quiser entender o comentário do dedo podre, visite www.corporativismofeminino.com .

 
design by suckmylolly.com