sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Faça você mesmo: samba-enredo


Os sambas já foram coisa séria e poética, nos tempos de Cartola e Nélson Sargento. Hoje a impressão que tenho é que jogam um monte de clichês e fatos históricos em um programa que os embaralha. Assim sendo, ponham-se a gosto, juntem seus clichês aos meus, numerem na ordem que quiserem e vamos compor!

( ) Hoje é noite de folia
( ) Contagiando a Sapucaí
( ) Desde os tempos de Nabucodonosor
( ) É a nossa escola sacudindo a multidão
( ) E o mar?
( ) Borogodó ziriguidum! Ê ô! Ê ô
( ) E a minha princesinha dos Palmares
( ) Com a força de Maurício de Nassau!
( ) E Macunaíma
( ) Desceu do morro pra fazer o carnaval!
( ) É Pitanguy, É Jorge Amado, é Niemeyer!
( ) Com as cores do nosso Brasil
( ) Na apoteose
( ) Pra extravasar toda a minha emoção
( ) É essa terra que Cabral abençoou
( ) E toca o surdo, repinica o tamborim
( ) E o Infante Dom Henrique
( ) Na odisséia pelos sete mares
( ) É alegria, é emoção! Ê ô, Ê ô!
( ) Dos foragidos lá das bandas de Bangu
( ) Nas travessuras de Pedro Malasartes
( ) O Curupira e os índios do Xingu
( ) Eu quero é me esbaldar
( ) E o mestre-sala
( ) Atingiu seu apogeu
( ) Que tem as cores desse povo dessa terra
( ) Explode coração!
( ) Na passarela!

12 comentários:

marlise disse...

Estou totalmente fora do enfoque de seu post, mas acho maravilhosas as escolas desfilando na Sapucaí. E quanto a Cartola, eu adoro.

Paulo César Nascimento disse...

Oi, Marlise. Eu acho o desfile muito bonito. O que caiu de qualidade foram os sambas mesmo. Bjs

Didi Iashin disse...

E o que achas deste?
Chama-se “Pega no Gandavo” e foi composto por esta que vos escreve, nos idos de 1989, trabalho de conclusão do semestre de Literatura Portuguesa I, na USP ...
(Claro, é parte de uma trabalho maior ...)

“Estamos em pleno mar....
Sereias, peixes voadores e o Adamastaor
E a montanha
Ô Ô Ô
A montanha que arrancava
Os pregos das embarcações
Senhor Vasco da Gama
Herrói! (breque)
Dos mares de lá e de cá
Com suas caravelas
Seus intrépidos marinheiros
Correndo como os ventos ligeiros
Para as terras de Calicute-Calcutá
E além (Ai além)
Da linha de Cabo Verde
Às terras do Benvirá
Vergonhas mui cerradinhas
Vergonhas não fanadinhas
Bananas com o sinal da cruz
Ê! Ê! Ê! Á!
Papagaios e florestas
Jacarés e muita festa
Desaguaram no nosso carnaval

FlaM disse...

( )E no Egito, os faraós...

Paulo César Nascimento disse...

Didi: o seu está muito bem feito! Nem tem como incluir no movimento do "samba-enredo aleatório"... Bjs

milu leite disse...

adorei esse movimento, paulinho.
o problema é que tô rindo, não consegui me concentrar ainda.
logo mais mando minha seleção de versos.

Igor disse...

Lembro-me do Casseta e Planeta, na época em que eles eram ainda bons, quando passaram o samba-enredo do UNIDOS DO CASSETA E PLANETA, há alguns anos, que mostra mais ou menos como são as letras. Essa era assim:

"Há muito tempo (há muito tempo)
no outrora antigamente
num remoto passado
faz muitos anos atrás
numa época distante
num tempo antigo
que não volta mais

(e o rei nagô)

o rei nagô, ô ô ô ô
inhansã, oxossi e xangô
é ganga-zumba, é zumbi é zulu
oxalá e exú
(há muito tempo)"

E REPETE O SAMBA

É saiba que é assim mesmo, principalmente em estados menores como o meu e que acha que pode fazer desfiles no mesmo nível dos da TV.

Abraços

Paulo César Nascimento disse...

Milu: aguardo seus versos. Bjs

Igor: obrigado, tantopelo samba quanto pela propaganda do meu post sobre mulherês no seu blog. Abç

Paulo César Nascimento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bel disse...

Como assim seu gerador não tem nenhuma frase com o verbo resplandecer?

Em samba enredo, tudo resplandece! Você pode fazer melhor, Paulinho.

Cris disse...

Todos os anos brinco que vou premiar as escolas se não encontrar nos sambas as seguintes palavras:o astro rei, o rio-mar e pior delas DIVINAL

meu troféu continua guardado ;-)

Paulo César Nascimento disse...

Bel,em homenagem a você:
( )resplandescente a Princesa Isabel / da áurea lei de nossa libertação...

Beijos

Cris: divinal é pra matar o caboclo, né? rs. Acho que esse troféu ficará com vc por muitos anos. ;-)

 
design by suckmylolly.com