quarta-feira, 15 de abril de 2009

Esperando Godot


Não sou um conhecedor do teatro, mas certa vez ouvi falar em uma peça de Samuel Beckett chamada "Esperando Godot", classificada por alguns como "Teatro do Absurdo". Dois caras ficam esperando por um terceiro, o tal do Godot, que não se fica sabendo ao certo quem é. E ficam nessa espera infrutífera pelo tal do Godot, que nunca chega, falando sobre banalidades e tentando se comunicar sem muito sucesso. Uns dizem que o Godot é uma metáfora de Deus, mas eu acho que era um desses caras terceirizados que instalam TV a cabo, internet rápida ou trocam carvão de filtro. Hoje perdi um tempão esperando Godot.

7 comentários:

milu leite disse...

boa essa tua definição.
o pior é que a gente espera o godot a manhã inteira e ele, é óbvio, não aparece. aí, lá pelo meio da tarde, ele liga e fala que tá na porta da tua casa te esperando e ainda se vê no direito de dizer: "mas eu não avisei que vinha?"
aí dá aquela vontade de mandar o godot se godá.
bjo

Kaique disse...

Hahahahahaha, ah... se Godot for algum terceirizado, bom, a ultima vez que eu fiquei esperando um desses caras foi uma jornada de 36 dias; quase fiz um livro! A Revolta foi tanto que quando o cara chegou aqui em casa, eu não sabia se batia nele ou se pulava e abraçava o infeliz.

O engraçado mesmo foi que ele chegou com uma pressa e saiu com uma pressa maior ainda... ele não sabia se falava comigo ou se falava no telefone celular. Fora que ele ficou dentro de casa gritando com algum tipo de estagiaria da telefonica... "larga de ser burra menina vê a merda desse negocio ai pô, é Sol ou não?"

Ele olhou, trocou, olhou de novo e trocou... e no final disse que não ia poder deixar o produto comigo porquê tinha acabado. Aí, Paulo... Rá menino... quase puxei a Peixeira de dentro do bolso da camisa.

Mas só pelo o que você descreve da peça parece interessantissima. Agora fiquei com vontade de assistir!

Abraços,
Kaique.

Alline disse...

Não seria o amigo imaginário desses senhores? *=P

Prometo que vou começar a ler o livro logo. Tá aqui. rs
Beeeijo

Danielle Uchôa disse...

hahaha! Muito bom! Dei uma sumida mas voltei embora seja por um período breve.

O Godot é o cara da TV a cabo mesmo!!!

Paulo César Nascimento disse...

Milu: isso é um clássico! E o terceirizado ainda fica malcriado com a gente. Bjs

Kaique: devia ter puxado da peiceira, pq isso já é desaforo! Abç

Alline: amigo imaginário? Não tinha me ocorrido! Seria Godot um primo do Arnesto, do samba do Adoniran? Bjs

Dani: que bom que vc reapareceu, mesmo que seja por um período breve! Bjs

Pequena Ovelha disse...

Ah, ahahahahaha, que bonitinho, você me trouxe uma boa lembrança agora: No tempo em que fazia teatro, montamos uma peça em que o mordomo de chamava Godot; ele só aparecia no final da peça- quando todo mundo já estava irritadíssmo com ele, bem como ocorre com os Godots da vida real.

redonda disse...

:)

 
design by suckmylolly.com