quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Aos Mestres, com carinho!


Ser Professor é uma coisa meio ambivalente. Se você entrar na sala dos professores, como fiz por mais de treze anos, pensará que está em Jerusalém, no muro das lamentações. É gente reclamando de alunos que não leram, erros na folha de pagamento, excesso de trabalho não (ou mal) remunerado, problemas institucionais, falta de tempo, falta de sono e por aí vai. Por essas razões, sempre evitei passar tempo demais na sala dos Professores, preferindo conversar com meus colegas na cantina ou em botequins. Aí ficava pensando no que fazia cada um deles continuar na profissão, tais os incômodos que ela provoca. A resposta é sempre muito particular. Para uns é ter um palco para ser admirado, para outros é ter o poder sobre a aprovação / reprovação dos alunos, outros ainda ocupam o lugar em sala porque no Brasil a forma mais viável de se fazer pesquisa é estar atrelado a uma Universidade. Desconfio, porém, que reclamar é uma das grandes fontes de prazer do ser humano, então até isso pode ser razão para persistir em um trabalho pródigo em motivos para reclamação. No meu caso, dar aulas foi uma forma de continuar a aprender, fazer novas amizades e discutir minhas idéias com outras pessoas. Porém, nunca me identifiquei com a Academia em um sentido convencional, cheia de regrinhas e fomentando uma mediocridade segura. No entanto, também não me identifico com o espírito aventureiro e por vezes picareta de muitos dos que não têm lastro acadêmico. Embora o sentimento de ser um peixe fora d´água não seja novo para mim, chega uma hora que a luta para sobreviver na Universidade sem cair no "Lattismo" (doença que faz você só pensar em publicar e aumentar a pontuação no Lattes) é muito desgastante. Por todas as dificuldades apontadas, felicito aos que bravamente resistem, desejando a todos um feliz dia do Professor!

3 comentários:

Alline disse...

Parabéns!!!! *=P

João Marques Brandão Néto disse...

Reclamar deve ser algo muito prazeiroso, pois reclamar já é uma segunda experiência de quem já clamou.

Paulo César Nascimento disse...

Alline: muito obrigado!

João: daqui a pouco inventarão o triclamar. Abs

 
design by suckmylolly.com