quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Olimpíadas de boteco

É muito surreal pra quem mora no Brasil, que de neve e gelo tem apenas uns três dias por ano, quando muito, em uma ou duas cidades serranas, assistir às Olimpíadas de inverno. Esporte (no sentido profissional e não somente de exercício físico) é mesmo uma coisa interessante:  uns pegam, outros não. O Tiger Woods, entre acertar uns e outros buracos, joga golfe (desculpem, não resisti). Ganha rios de dinheiro pra fazer uma bolinha se deslocar com precisão em poucas jogadas. Há meninos que fazem quase o mesmo com bolinhas de gude e não ganham nada além de pó nas roupas e calos nos joelhos. Quando vejo um bando de adultos varrendo o gelo pra jogar uma espécie de bocha sobre patins, na maior seriedade, me vem a idéia de lançar as Olimpíadas de boteco. Sinuca, truco, palitinho (porrinha), dominó, damas, e, para coroar, quem agüenta mais chopp sem ir ao banheiro. O Brasil seria um expoente. Aguardo patrocinadores.

3 comentários:

Alline disse...

Paulinho, eu aderi ao gelo. Viciei. Aliás, tô vendo agora... rsrs
Se o Tiger taradão ficou rico é porque treinou muito, vamos reconhecer.
E se for pra ter nossas olimpíadas, me chama pra sinuca. Com uma cervejinha junto, tá?
Beijo, beijo.

Silvia disse...

Eu achei muito interessante aquele bando de marmanjos varrendo gelo.
Agora ninguém pode falar "Vá enxugar gelo" simplesmente; posso responder que vou varrer gelo, para deixá-lo lisinho! E ainda concorrer a medalha!!!

Tati Pastorello disse...

Seguindo o exemplo dos "amigos" norte americanos e também dos japoneses, podia chamar Olimpíadas Mundiais de Boteco, assim, malandros cariocas e manos paulistas poderiam considerar-se campeões mundiais daquilo que só temos por aqui!

 
design by suckmylolly.com