quinta-feira, 4 de março de 2010

Quase-prazeres

Quando bebo cerveja sem álcool, café descafeinado, refrigerante zero, ou ainda quando substituo sorvete por frozen yogurt, pão branco pelo integral, manteiga por creme vegetal, sinto um quase-prazer indescritível. E você?

5 comentários:

Alline disse...

No meu caso é "zero prazer". Cerveja sem álcool não dá aquele barato. Café sem cafeína idem. De refrigerante eu não faço questão nem de chegar perto. Nunca provei esse frozen - será bom? Só como pão branco e margarina (beeem artificial.. rs).
Gosto é gosto. A gente ainda discute?

Cute cat!!!

Beijo, Paulinho!

Mulher de Fases disse...

Paulo,
Muitos desses alimentos 'quase quase' são realmente gostosos...
Mas a sensação de não se levar
o produto 'hard' simplesmente pelo peso que a consciência nos trará dá uma sensação de 'roubo da nossa integridade'.
Acredito que o melhor é continuar nos exercícios e com o check up em dia para nos permitirmos tais desfrutes tão prazerosos!
Vamos cuidar da saúde sim,mas sem nóias!!
Amo seu blog!
Um grande beijo

Paulo César Nascimento disse...

Alline: é cute, mas não é lebre, né? Bjs

Mulher de fases: muito obrigado! Apóio o desfrute com check-up e exercícios. Um beijo igualmente grande!

Andrea de Godoy Neto disse...

Bah! Pra mim, saudável é ter prazer no que se faz. Também acho que essas nóias de comidas "engana consciência" não dá. Tá, a gente se cuida...tem os dias de alimentação equilibrada e os dias de porcarias...mas, quase-gosto pela vida não dá, né?

abraço

Paulo César Nascimento disse...

Andrea: concordo, aí a gente quase-vive. Abs

 
design by suckmylolly.com