domingo, 2 de maio de 2010

Torcendo, destorcendo e distorcendo

Meu amigo Cláudio Santana costumava dizer que quando uma pessoa se deu conta de que saiu da adolescência é porque chegou na meia-idade. Sim, para ele existem quatro fases do desenvolvimento humano: infância, adolescência, meia-idade e velhice. Meu camarada não acredita em fase adulta... e começo a pensar que ele está mais certo do que os livros. Um dos sinais claros de que você está na meia-idade é quando começa a achar desnecessária a existência de 90% das cenas de sexo e/ou nudez nos filmes não destinados especificamente ao erotismo/pornografia, ou a presença de palavras de baixo calão nos cantos de guerra do seu clube. Hoje, no estádio da Ressacada, fiquei pouco à vontade pelos pais que levaram seus filhos pequenos para ver o Avaí ser bi-campeão. Pelo menos não houve vandalismo, o que já é um ponto para o processo civilizatório. Mas para não dizer que meu lado troglodita foi totalmente obscurecido, comi um churrasquinho de gato.

5 comentários:

FlaM disse...

Putz, pular a a idade madura é pular a melhor fase da vida! Eu não sei é essa tal de meia idade... cavi não!

Alline disse...

Então eu cheguei lá. A meia-idade é isso? Parece que vamos ficando mais seletivos... ou mais chatos. rsrs
O churrasquinho caiu bem? =P

Beeeeeeeeeijo

Luana disse...

Nossa! Gostei muito daqui! Adorei seus textos! Vou te seguir!
Se der, pasa pra conhecer o meu depois, se der...
Beeeijos

Mulher de Fases disse...

Paulo,
Pelos seus ótimos textos, repasso a vc o premio dardos.
Fui agraciada com o premio e devo repassá-lo a mais 15 blogs.Um deles é o seu, que admiro muito!
Abços

Paulo César Nascimento disse...

Flávia: o problema é esse, ela é discreta e a gente quase não vê... Bjs

Alline: caiu como uma luva. Bjs

Luana, obrigado, volte sempre! Passarei lá hoje. Bjs

Mulher de fases: obrigado! Depois você me explica direitinho como se funciona esse esquema? Bjs

 
design by suckmylolly.com