sábado, 29 de janeiro de 2011

Personagens inesquecíveis: Lisbeth Salander

É difícil falar dessa mulher sem estragar as surpresas da Trilogia Millennium, de Stieg Larsson. É uma pena que o autor tenha falecido tão cedo e a vida da personagem dependa de um sucessor, o que certamente acarretaria mudanças de enfoque. Voltando a Lisbeth, temos uma mulher de menos de trinta anos, porém julgada incapaz para os atos da vida civil, mantida sob tutela (deveria ser curatela) de um advogado mau-caráter. Porém, sua interdição, bem como a avaliação psiquiátrica que a produziu, está cercada de fraudes e intrigas que dão sentido à trama. De incapaz Lisbeth não tem praticamente nada, o que também não a coloca no rol das pessoas ditas normais: é superdotada, tem uma memória espantosa e é uma hacker, tendo porém uma dificuldade espantosa no que se refere aos relacionamentos sociais. Esta combinação de características dá a tentação de classificá-la como portadora da síndrome de Asperger, porém o próprio autor esclarece que nem todas as características são preenchidas. De fato, a falta de habilidades sociais no caso de Lisbeth se deve mais a maus-tratos do que a algum tipo de transtorno invasivo do desenvolvimento. Em virtude de sua mirrada constituição física, suas tatuagens e piercings e do modo peculiar de se trajar, tem o destino de todos os desviantes sociais: tornar-se alvo de violência e preconceitos. Tudo o que ela quer é ser deixada em paz e cedo descobre que o único jeito de conter os malvados é reagindo de modo que passem a temê-la, já que não a respeitam. Entre golpes de boxe, sprays de pimenta, pistolas elétricas e cavalos de tróia, Lisbeth está preparada para enfrentar quase tudo. O que ela não consegue administrar, você vai descobrir lendo a trilogia ou indo ao cinema.

3 comentários:

Kamila disse...

Adoro trilogias, e de todas os seus posts da série Personagens Inesquecíveis esse foi o que eu mais gostei. Confesso que fiquei curiosa.
Beijo

Kaique disse...

Olha só que coincidência, adicionei ontem à minha lista de futuras aquisições os três livros dessa trilogia (Os Homens Que Não Amavam As Mulheres, A Menina Que Brincava Com Fogo, A Rainha Do Castelo de Ar).

Estou superansioso para lê-la, mas até agora não sabia nada sobre os livros... Agora, certamente, só se fez aumentar mais ainda as minhas expectativas.

Abraços ;^)

Paulo César Nascimento disse...

Kamila: leia sim, os livros são interessantes. Bjs

Kaique: tomara que as suas expectativas sejam satisfeitas! Abs

 
design by suckmylolly.com