segunda-feira, 7 de março de 2011

A migração das bundas

Estava buscando uma programação alternativa à exibição dos bailes e desfiles carnavalescos. Caí em um documentário sobre a bunda. Isso mesmo, o legítimo do(cu)mentário, chamado "Preferência nacional", tentou antropologizar, sociologizar e dar tratamento jornalístico ao tema. No desfile, abundavam as lantejoulas; no documentário, as bundas cintilavam. Até tentei assistir, mas não houve tratamento que salvasse a bunda de seu destino inexorável de lugar-comum. Intelectualizar os glúteos é tão despropositado quanto erotizar a Academia. Aliás, a academia que dá melhor tratamento à bunda continua sendo a de ginástica.

1 comentários:

Alline disse...

É pra lá que a minha vai assim que eu voltar das férias. =P

Saudades, moço... beeeeeeijo!

 
design by suckmylolly.com