terça-feira, 29 de março de 2011

O monstro matador de monstros

Fiz uma triste constatação sobre nossa espécie: não conseguimos destruir um mal sem colocar outro no lugar. O preconceito e a discriminação vêm sendo substituídos por outra praga - o politicamente correto. Não dá mais para falar nada sem a impressão de que uma freirinha professora primária vai surgir do nada e lançar uma repreensão. As crianças já aprendem uma versão ridícula de "atirei o pau no gato", como se fosse a cantiga original e não a luta por atenção/ amor/ poder/ comida/ lugar ao sol que fizesse desde cedo as crianças se estapearem na escola. Daqui a pouco, escrevam, elas já não poderão mais dizer que o amiguinho é "porco" ou "burro", não só para não ofenderem os coleguinhas, mas porque "não se deve associar características desagradáveis aos inocentes animaizinhos". O problema que vejo neste mascaramento por eufemismos é que ele não modifica a coisa em si, não desenvolve um olhar questionador sobre afirmações preconceituosas ou estimula uma postura crítica, apenas lança um patrulhamento ideológico fruto de uma visão maniqueísta do mundo. Mas a coisa não para no palavreado. Infelizmente, quando você lança uma medida de proteção extrema ao mais fraco, via de regra ele se torna o mais forte devido ao caráter extremo da medida e passa a espezinhar o anteriormente mais forte. Em outras palavras, o mais fraco não é essencialmente melhor do que o mais forte, apenas está circunstancialmente em desvantagem. Reverta-a e você verá a relação de dominação também se inverter, o fraco de outrora dominando o antigo dominador. Nós somos isto, e até hoje o único caminho para a paz é o equilíbrio entre as forças contrárias, quando cooperar se mostra mais vantajoso do que competir. Sou também contrário a leis politiqueiras que se proponham a erradicar algum problema a partir da tolerância zero, que, mesmo contra a coisa mais vil, não deixa de ser apenas Intolerância Absoluta. Por isso, quando me apresentam alguém que vai derrotar o monstro, eu me pergunto: e quem vai nos proteger de algo tão terrível como o monstro matador de monstros? O monstro matador de monstros matadores de monstros?

0 comentários:

 
design by suckmylolly.com