terça-feira, 12 de abril de 2011

De volta ao Universo Paralelo II

Banheiros públicos são famosos pelas inscrições nas portas dos reservados: de quadrinhas bem humoradas a telefones para programas, passando por desenhos fálicos, o impulso milenar de deixar inscrições encontra formas de expressão típicas. Porém, o inusitado nos acompanha até na casinha. Em certo restaurante de beira de estrada, em lugar das habituais inscrições, um sujeito não identificado deixou inscritas blasfêmias utilizando diversos nomes (atributos) da divindade em hebraico, as quais encontrei em uma incursão por motivo de força maior.  Pensando bem, pode ser a prova da existência do Judeu Errante, da lenda: Ahasverus passou por Biguaçu. 

0 comentários:

 
design by suckmylolly.com