sexta-feira, 6 de abril de 2012

Respostas tardias para buscas perdidas - VIII

Embora os pinguços pobres ainda venham atrás receitas de ice caseira, os portugueses de pinto pequeno procurem os efeitos do leite de figo e os estudantes da turma do fundão confundam Marilena Chauí com Marilene Shaolin, ainda há quem inove e chegue ao Soco no Figo em busca de outras respostas. Por vezes, como na vida, elas chegam tarde demais. É para estes inquietos questionadores que trago uma nova rodada de “respostas tardias para buscas perdidas”.

Feto vascaínos
Não existem fetos vascaínos, pois já foi provado cientificamente que esta é uma característica adquirida (aprendida) e não herdada. A prova: caso fosse uma característica presente nos genes, levando-se em conta que a maioria das mulheres odeia futebol, ser vascaíno estaria ligado aos genes do pai, portanto presente em seus espermatozoides masculinos, no cromossomo Y. Na corrida rumo ao óvulo, um espermatozoide vascaíno chegaria invariavelmente em segundo lugar, perdendo para um espermatozoide feminino,  não sendo portanto o responsável pela fecundação. Isto faria com que os vascaínos só tivessem filhas, o que não é verdadeiro, invalidando a hipótese de transmissão genética.

hóspedes indesejáveis, baratas assassinas
A arte ninja de treinamento de baratas para assassinar hóspedes indesejáveis se perdeu com as bombas de Hiroshima e Nagasaki. As baratas sobreviveram, os treinadores não.

marco nanini logaritmo
Você encontra entre “Ney Latorraca inequação” e “Diogo Vilela trigonometria”

qual o nome desse filme?
Acabei de dizer.

Quero usar caneta comestível com o meu namorado
Os seus pais trabalham no Google?! E então, eles deixaram?

Como big macky engrossar o pau
Tarzan, parece que o Ronald McDonald mentiu para você...

proibido dar o cu
Bolsonaro, você por aqui?!

ser tratada como cachorra no sexo com um português
Você pode pedir para ele comprar ração Royal Canin e uma coleira anti-parasitária preventex, que são vendidas por lá.

5 comentários:

Lichia disse...

Esqueceu de mencionar o biscrok para adestramento e a coleira de obediência.

Paulo César Nascimento disse...

Lichia, eu teria que conferir se lá em Portugal eles têm um produto equivalente, o desejo da moça foi bem específico. :-)
Bjs

Lichia disse...

Verdade... ;)

Paulo César Nascimento disse...

Lichia, se quiser deixar seu e-mail aqui, eu não publico. Será um prazer conversar com vc. Bjs

Kamila disse...

Paulo, poderia ser pior. A maioria das pessoas que acessam o meu blog o fazem acidentalmente, pois nas estatísticas está que a maioria das buscas é por imagens no google, hahaha.
Beijo!

 
design by suckmylolly.com